Óculos inteligentes - Ponto de Visão

Já ouviu falar de óculos inteligentes? Se ainda não, se prepare para o futuro

Novidades
06 mar
0
comentários

Há algum tempo, se falássemos de óculos inteligentes capazes de tirar fotos, gravar vídeos, enviar e receber informações e mensagens, talvez seríamos tachados de “loucos”. Mas já existem várias provas de que eles estão mais próximos do que parecem.

Era impossível prever que dispositivos tão pequenos e utilitários como os smartphones, por exemplo, se tornariam tão presentes em nossas vidas. Hoje eles estão em todo lugar, não é?

Segundo algumas pessoas, o mesmo está para acontecer com os smartglasses (óculos inteligentes, em inglês), principalmente dentro das empresas. Acontece que as funcionalidades desses acessórios devem facilitar muito a vida de quem precisa estar constantemente ligado em novos dados e informações.

O que vem por aí com os óculos inteligentes

Poderíamos ficar falando aqui sobre as várias facilidades que estão por vir com os óculos inteligentes, mas preferimos mostrar o que já está sendo feito.

Uma das ideias já patenteadas vem da Apple, uma das maiores do mundo em tecnologia. Ao que tudo indica, ela está desenvolvendo um óculos que funcionará principalmente através de uma lente e um projetor que trabalharão em conjunto: uma irá “ler” o comportamento do olho do usuário, enquanto o outro cria uma interface virtual interativa. Será como uma lente dentro de outra lente.

Pelo que já se sabe, o modelo da Apple será desenvolvido também pensando na estética, procurando criar acessórios que sejam compatíveis com o dia a dia de qualquer pessoa. Provavelmente, podemos também esperar câmeras e microfones também ligados aos óculos.

Óculos inteligentes - Ponto de Visão

Uma previsão de como devem ser os óculos inteligentes da Apple, segundo o designer Taeyeon Kim. Imagem: reprodução / CIO.

Outros projetos vem da Intel e Samsung, ambas nomes fortes no ramo da tecnologia. O modelo da Intel, que já está batizado como Vaunt, está programado para ter sua versão beta lançada ainda este ano. Segundo o que já foi divulgado pela empresa, estes óculos são voltados a realização de atividades simples do dia a dia, como reproduzir notificações do smartphone diretamente nos olhos do usuário e pequenos lembretes do dia a dia.

O mais interessante – e que desperta preocupação – sobre o Vaunt é a forma que ele reproduz essas informações nos olhos de quem os usa: ele é capaz de projetar um display diretamente na parte de trás da retina utilizando tecnologia lazer de baixa potência.

Assim, o usuário poderá ver ícones e textos quando olhar para uma área específica, que indicará a projeção do texto para os óculos. Até então, não está previsto que o Vaunt tenha câmeras, auto-falantes e microfones.

Outro acessório que deve chegar logo as lojas, mesmo que de forma mais tímida inicialmente, é o Level da marca VSP. Ele é um óculos inteligente para pessoas fitness, contendo dispositivos que conseguem detectar informações sobre o movimento que o usuário está realizando e calcular gastos calóricos, batimentos cardíacos, distâncias percorridas e outros dados de quantidade.

Basicamente, o Level terá as mesmas funções que outros dispositivos (relógios inteligentes, por exemplo) já possuem, mas ficará na altura dos olhos.

Óculos inteligentes - Ponto de Visão

O Level possui design super discreto e compatível com qualquer outro óculos convencional. Imagem: Divulgação.

Alguns perigos à vista

Mesmo que sejam aparentemente tão funcionais, bacanas e possíveis em um futuro próximo, os óculos inteligentes já apontam para algumas preocupações.

A primeira delas tem a ver com a privacidade do usuário. Dispositivos eletrônicos que são conectados à internet de alguma forma podem correr o risco de serem invadidos por hackers, o que poderia comprometer tudo o que um usuário vê, armazena e envia através de seus óculos inteligentes.

Outra preocupação, que na verdade surge a partir da primeira, é o estrago que a invasão realizada em óculos inteligentes poderá realizar.

É muito provável que, por exemplo, empresas permitam que esses acessórios façam parte da rotina dos funcionários, ajudando-os em suas tarefas. No entanto, será impossível saber o que esse funcionário estará fazendo frente às informações valiosas enquanto usa seus óculos.

Também será difícil saber se os óculos desse funcionário estará sendo “vigiado” por hackers interessados em roubar informações.

De qualquer maneira, os benefícios dos óculos inteligentes são bastante visíveis. Cabe a nós, com o tempo, poder nos adaptar à chegada dessa tecnologia e introduzi-la em nossa rotina de forma segura.

Aqui no blog, a Ponto de Visão sempre traz as últimas novidades do mercado de acessórios e o que ainda está por vir. Além disso, você também encontra dicas sobre saúde dos olhos, tendências, lentes de contato, entre outros. Continue nos acompanhando!


Com informações de CIO.

Deixe seu comentário