Identificando sinais de Problemas de visão nas crianças

Saúde dos Olhos
18 jan
0
comentários

A visão é um dos sentidos mais importantes para as crianças, pois através dela os pequenos aprendem gestos e atitudes, apenas observando as pessoas à sua volta.

Portanto, é muito importante que os adultos que convivem com as crianças – pais, professores e pediatras – fiquem atentos aos sinais que podem indicar se a criança têm algum problema na visão.

 

Os problemas de visão mais comuns na infância

Estima-se que, cerca de 30% das crianças sofram com algum problema de visão em idade escolar. Problemas como miopia, astigmatismo, estrabismos são os mais comuns serem identificado nessa idade. Por isso, é necessário examinar as crianças e tratar qualquer anormalidade o mais cedo possível, pois assim não corre-se o risco de atrapalhar o desempenho acadêmico da criança.

Infelizmente, ainda hoje, crianças que são míopes e possuem os tais sintomas que acabam sendo confundidos os da dislexia, afinal a criança não enxerga bem e pode trocar letras parecidas quando copia textos da lousa na escola. Por isso recomendamos atenção e consulta com especialistas.

Outra doença comum de visão, é a hipermetropia. Que no caso é justamente o contrário da miopia, pois a criança tem dificuldade para enxergar objetos próximos, acaba então exigindo mais da visão, que acaba ocasionando dores de cabeça.

Já no caso do astigmatismo, a criança tem problemas para enxergar tanto de perto quanto de longe. Pode estar associado tanto a hipermetropia, quanto a miopia, pois apresenta sintomas de ambas as patologias.

 

As causas

Um dos principais causadores desses problemas é a exposição demasiada a aparelhos que exigem muito do sistema visual – televisão, celular e computador. Inclusive, muitas vezes podem impedir o desenvolvimento adequado da criança.

 

Fique atento aos sintomas

  • Se a criança costuma apertar os olhos, franzir a testa ou até mesmo esfregar os olhos durante a leitura – é um sinal;
  • Tem necessidade de se aproximar muito dos livros ou da lousa para entender o que está escrito;
  • Pode vir a ocasionar tonturas, dores de cabeça ou até mesmo náuseas;
  • Desinteresse por leitura e dispersão;
  • Dificuldades de aprendizado na escola
  • Confusão na hora da escrita, troca de letras e afins.

 

Imagem: ShutterStock.

 

Fique atento a esses sinais, mas lembre-se que esses sintomas também podem estar relacionados a outros problemas, então o recomendado é sempre investigar para descobrir a real causa e consultar um especialista.

Leve seu filho ao oftalmologista sempre que julgar necessário, o quanto antes essas patologias forem identificadas, maiores são as chances delas serem tratadas, evitando assim um problemas maiores.

 

Deixe seu comentário