Imagem de um homem indo visitar uma oftalmologista

Quando ir ao oftalmologista?

Saúde dos Olhos
23 ago
0
comentários

Você sabia que, de acordo com a Sociedade Brasileira de Oftalmologia (SBO), mais de 1,2 milhões de brasileiros não enxergam? E que cerca de 80% dos casos de cegueira no mundo poderiam ser evitados, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS)? Idas regulares ao oftalmologista, por exemplo, diminuiriam ou sanariam o problema! 

Muitas pessoas acreditam que só devem visitar o oftalmologista em casos extremos ou se precisarem usar óculos. Contudo, estes números mostram o contrário. Na realidade, o ditado popular já diz: a prevenção é o melhor remédio! E é justamente por isso que você precisa checar a saúde dos seus olhos regularmente. 

Nesse conteúdo, falaremos um pouco sobre o assunto, abordando a função do oftalmologista, a importância das consultas periódicas e se crianças e idosos devem também procurá-lo. 

Confira!

Por que visitar um oftalmologista?

O oftalmologista é o profissional responsável pela saúde dos olhos. É ele quem avalia, identifica e previne problemas de visão, tais como: 

  • Astigmatismo;
  • Miopia; 
  • Hipermetropia;
  • Glaucoma; 
  • Catarata e muitos outros. 

Além disso, ele também descobre doenças que estejam em locais próximos aos olhos, como o canal lacrimal e as pálpebras. 

Ademais, é quem recomenda o uso de colírios, óculos de grau e/ou lentes de contato para tratar alguma doença. Lembre-se: é importante realizar consultas regulares com esse médico para que nenhuma enfermidade se manifeste gravemente, sendo tratada a tempo e evitando complicações. 

Com que frequência preciso ir ao oftalmologista?

Você deve consultar um oftalmologista imediatamente se apresentar algum desconforto ocular, como: 

  • Visão turva;
  • Dificuldades para enxergar;
  • Vermelhidão nos olhos. 

Quem sente dores de cabeça frequentes também pode procurar este médico, pois elas podem estar relacionadas à saúde ocular. 

No entanto, não se limite apenas às dores! Muitas pessoas pensam que só precisam buscar ajuda profissional nesses momentos, porém, a prevenção é a chave para uma vida saudável. Logo, adultos devem se consultar pelo menos uma vez ao ano para acompanhar doenças que não são percebidas em seu estágio inicial, como o glaucoma. 

Quem já apresenta problemas de visão deve ir ao oftalmologista a cada seis meses, assim como pessoas com mais de 40 anos. Afinal, os sintomas da presbiopia – comumente chamada de vista cansada – começam a aparecer a partir desta idade. Nas consultas, o oftalmologista pode indicar tratamentos para retardar a evolução da doença. 

Crianças e idosos necessitam ir ao oftalmologista com frequência? 

Recém-nascidos normalmente fazem o teste do olhinho (ou teste do reflexo vermelho) ainda na maternidade para detectar problemas congênitos (como o glaucoma). Ou, ainda, algo que possa causar cegueira (como o retinoblastoma). 

Caso nada seja diagnosticado, as crianças só precisar ir ao oftalmologista a partir dos cinco anos. No entanto, não deixe de levar seu filho ao médico antes disso caso perceba algum problema ocular. 

Enquanto isso, os idosos precisam fazer consultas mais regulares, como dito anteriormente. A degeneração macular, a catarata e outras doenças na região são muito comuns depois dos 50 anos. Além disso, diabéticos e hipertensos também precisam fazer check-ups frequentes, pois estas são doenças podem gerar lesões na retina. 

Assim como com qualquer médico, é ideal manter a rotina de consultas ao oftalmologista em dia. Como citamos anteriormente, prevenir é melhor do que remediar! E para conhecer ainda mais sobre saúde ocular, que tal ler mais alguns conteúdos do nosso blog? Confira e aprenda mais sobre seus olhos! 

Deixe seu comentário